O Facebook é a maior rede social do mundo, com mais de 1 bilhão de usuários no mundo e quase 90 milhões no Brasil. Estar nele se tornou necessidade para muitas empresas há algum tempo, pois além de ser uma ótima forma de se aproximar de seus clientes, ele possui funcionalidades específicas para divulgar empresas.

Cases

São inúmeros os casos de empresas que foram ajudadas pelo Facebook nas mais diversas áreas. Empresas que surgiram do nada e pessoas que realizaram sonhos através dele, porem, minha intenção aqui não é iludir você e sim abrir seus olhos. Em todos os casos, muito esforço foi colocado e em todos os casos de sucesso que irei citar, as pessoas envolvidas se dedicaram bastante para atingir seus objetivos. Negócios locais podem virar negócios nacionais ou até internacionais se forem bem trabalhados. Agora vamos ver casos de pessoas e empresas que estão se dando bem no Facebook.

Viajo logo Existo

O casal Leonardo Spencer e Rachel Paganotto trabalhavam em um grande banco e gostavam de seus empregos, mas tinham um sonho em mente: Viajar pelo Mundo de carro antes que ficassem velhos de mais para isso. A vontade nasceu após eles visitarem uma exposição de fotos de uma amigo que deu a volta ao mundo de bicicleta e conversarem com outra pessoa sobre um casal que deu a volta ao mundo de carro. Após muito planejamento, eles viram que seria possível fazer viagem com o próprio dinheiro, mas seria ótimo se arrumassem um patrocínio.

Atualmente eles vendem as fotos que tiram dos lugares que visitam e possuem alguns empresas que patrocinam a viajem, mas para isso tiveram que fazer muito publicidade e manter a página do Facebook interessante para conseguir quase meio milhão de seguidores.

Facebook Viajo Logo Existo

Luizinho Capelão

Luizinho Capelão é um exemplo de marketing diferente que deu certo (confesso que até um pouco arriscado). Ele é dono de um bar em Viçosa, no interior de Minas Gerais e é conhecido por destratar seus clientes. Em sua fan page ele chama os clientes de vermes e publica a exorbitante margem de lucro. Esse tratamento peculiar deu à fan page de Luizinho Capelão mais de 23 mil curtidas. A fama no Facebook chamou a atenção da mídia, que produziram várias reportagens.

Facebook Luizinho Capelão

Ateliê de Arte

Quando a estudante de direito Sabrina Araújo Rebouças começou a vender pelo Facebook as roupinhas de bebê que sua mão fazia, não esperava que o sucesso seria tanto. Ela criou uma fan page para postar as fotos das roupas e as vendas eram feitas pelo chat. Com o tempo a loja da Sabrina começou a crescer e ela teve que profissionalizar o serviço criando uma loja virtual, porém, ainda investe em sua fan page. Atualmente possui mais de 230 mil curtidas e já vende até para o exterior.

Facebook Ateliê de Arte – By Zeuda Rebouças

“Mova-se rapidamente e quebre as coisas. A menos que você não esteja quebrando coisas, você não está se movendo rápido o suficiente.”

Mark Zuckerberg